Como negoceia índices?

Como negoceia índices?
Índices

Como negociar índices online

ACESSE AGORA

para ver uma lista completa de nossos índice
e spreads típicos

É provável que já se tenha deparado com nomes de índices de mercados de ações como FTSE 100, S&P 500, Dow Jones ou DAX 30 nas notícias. Estes índices estão a tornar-se cada vez mais parte da linguagem do dia-a-dia nas esferas de negociação e de investimentos, e bem; a sua popularidade está a crescer.

Um índice acompanha e mede uma compilação específica de ações relacionadas e é usado para avaliar o desempenho de um setor, de uma região ou da economia de um país. Por exemplo, índices principais como o Índice alemão DAX 30 mede o desempenho das principais 30 empresas alemãs, enquanto o índice NASDAQ 100 mede o desempenho de um grupo de empresas americanas, principalmente no sector da tecnologia.

Com milhares de ações disponíveis em várias bolsas relevantes em todo o mundo, os índices são uma forma eficaz de seguir e medir fiavelmente o desempenho geral e o sentimento de mercado, mas funciona realmente?

Como funcionam os índices?

De um modo geral, se o valor de um índice de ações aumentar ou baixar, é uma indicação do desempenho geral de todas as ações nesse índice específico. No entanto, o movimento no valor do índice não é uma indicação de que os preços de todas as ações individuais no índice estão a movimentar em alta ou em baixa ao mesmo tempo. O valor de um índice é uma média, e enquanto esta média pode estar a aumentar, algumas das ações individuais podem estar a aumentar de valor enquanto as outras podem estar a baixar. Esta característica específica dos índices leva-nos a uma questão importante.

Quais são as vantagens de negociar Índices?

Os índices são uma boa alternativa a outros mercados financeiros por vários motivos. Uma das maiores vantagens de negociar índices é que, ao contrário de negociar ações individuais, com os índices pode beneficiar do desempenho líquido de um conjunto de ações. Isto significa que se uma empresa falhar, o valor de um índice poderá ainda assim subir, enquanto que se mantiver ações numa empresa que está a cair, é provável que perca o seu investimento. Os índices fornecem diversificação instantânea em comparação com o mercado de ações.

Adicionalmente, negociar índices é relativamente menos volátil em comparação com a negociação noutros mercados financeiros, pois nenhuma ação individual pode provocar picos extremos de preços. Isto faz com que o movimento de preço dos índices seja bastante mais constante. No entanto, os índices refletem frequentemente os efeitos alargados das alterações económicas e políticas e, assim, oferecem volatilidade suficiente aos traders para que estes encontrem oportunidades de trading potencialmente lucrativas. É também vantajoso que os índices sejam mercado estabelecidos com pouca manipulação de preço possível.

No entanto, como em qualquer mercado financeiro, os índices também têm algumas desvantagens. Alguns índices são menos líquidos do que outros mercados. Isto significa que alguns índices podem ser mais difíceis de negociar e podem atrair custos de negociação superiores. Além disso, embora alguns traders possam negociar depois do horário de negociação, a negociação de índices é geralmente limitada aos horários de negociação das bolsas de valores tradicionais. Como tal, poderá haver mais lacunas do mercado em comparação com outros mercados, como forex, que é essencialmente negociado 24 horas por dia todos os dias.

Apesar destas desvantagens, os índices estão constantemente nas capas de jornais financeiros, e existe possibilidade de lucrar. Isto significa que com algum bom planeamento e trabalho, é possível capitalizar sobre as vantagens e negociar índices com sucesso.

Como são os índices negociados online?

Os índices são fundamentalmente nocionais e, por isso, a única forma de os negociar é através de produtos que reproduzem o seu desempenho. Estes produtos incluem futuros, fundos de investimento abertos negociados em bolsa, contratos por diferença (CFD) e fundos de índices. Os CFD são talvez a forma mais popular de negociar índices e por bons motivos. Estes instrumentos financeiros permitem que os traders especulem sobre movimentos de índice de preço sem ter propriedade sobre o ativo subjacente.

Porquê negociar CFD de Índices?

Uma das maiores vantagens de negociar índices por se FD é que, ao contrário do investimento tradicional, os CFD permitem-lhe lucrar tanto nos mercados em alta como em baixa. Além disso, os CFD dão-lhe uma vantagem em comparação com outros produtos que pode usar para negociar índices.

Por exemplo, ao contrário dos futuros de índices, se negociar CFD, este não tem data de vencimento. Isto significa que com CFD pode escolher manter a sua posição aberta além de determinadas datas ou até alcançar uma determinada margem de lucro. Os futuros de índices também incluem elementos como um prémio de juro que pode ser bastante confuso.

Tem uma conta de trading muito reduzida, negociar ETF não é tão flexível como negociar CFD. Os CFD são produtos alavancados e assim pode começar a negociar na margem, que é normalmente apenas uma parte reduzida do capital exigido. Em termos simples, os CFD de índices são frequentemente mais simples para compreender e negociar em comparação com outros produtos.

Como negoceia CFD de índices?

Embora os CFD sejam instrumentos financeiros complexos, a abordagem certa irá aumentar as suas probabilidades de
ter sucesso do mercado de CFD de índices. Pode dividir a sua abordagem da seguinte forma:

1. Aprender com o mercado

Como noutros mercados, é importante compreender como as coisas funcionam. Com os CFD de índices, tem de saber como os CFD funcionam além de saber como a negociação de índices funciona. Quando aprende os diferentes aspetos da negociação de índices, é fulcral não ignorar seguir os fundamentais.

Como os índices de ações são calculados

Antes de poder avaliar o desempenho de um índice, é importante compreender como a sua cotação é calculada. São usadas fórmulas diferentes para determinar a cotação dos índices, mas podem ser agrupadas em duas categorias principais.

Índices ponderados pela capitalização do mercado

Os índices ponderados pelo mercado são calculados com base na capitalização total das suas empresas constituintes. A maioria dos índices globais é avaliada desta forma, com o FTSE 100 e o DAX 30 a serem os exemplos clássicos. Ponderado pela capitalização significa que, quanto mais elevado o valor de mercado total de uma empresa, maior o seu impacto no valor do índice.

Por exemplo, digamos que o valor total de todas as ações num índice é de $100 milhões. Se a capitalização de mercado da empresa A for de $3 milhões e $10 milhões para a empresa B, a empresa A vale 3% do índice enquanto a B vale 10%. Isto significa que a empresa B terá um maior impacto no valor do índice em comparação com a empresa A.

Com o sistema ponderado pela capitalização, o peso de cada ação é calculado como (preço da ação x número de ações) / capitalização de mercado de todas as ações.

Índices ponderados pelo preço

O valor destes índices é calculado com base nos preços de ações das empresas constituintes em cada índice. Neste caso, a empresa com preço da ação mais elevado terá um maior impacto no índice geral em comparação com uma empresa com um preço de ação mais baixo. Por exemplo, uma empresa com um preço de ação de $2.000 terá 50 vezes a influência de uma empresa com um preço de ação de $40. O Dow Jones Industrial Average e Nikkei 225 são alguns exemploes de índices ponderados pelo preço.

Como os índices são analisados

Cada índice é ligeiramente diferente dos outros e para cada um, deves estudar os detalhes como as horas de negociação e o peso. Eu também importante saber como os índices são utilizados técnica e fundamentalmente. Usando a análise técnica, pode estudar padrões e tendências para identificar os níveis de suporte e resistência que compõem os indicadores fiáveis de alvos de preços futuros e pontos de inversão.

Usando a análise fundamental, terá de observar os elementos que afetam os preços de ações. Fatores como os relatórios de lucros e as novas relações podem ter impacto significativo no índice. Os dados económicos podem também afetar o valor de um índice.

Por exemplo, as divulgações de dados relevantes como os números do desemprego, os relatórios de confiança do consumidor e os dados de inflação podem ser um grande impulsionador do sentimento de mercado e, por sua vez, de desempenho de um índice. Como tal, deve conseguir identificar quaisquer eventos de mercado que possam afetar os movimentos de preço.

A correlação entre índices e outros mercados

Com os índices são uma compilação de ações individuais, existem algumas correlações importantes entre o valor das ações e outros mercados relacionados. O mercado de Forex é um dos mercados relacionados que pode influenciar os movimentos de preço de índices. Existe frequentemente uma correlação forte entre a força relativa de um índice de ação doméstico do país e o desempenho da sua moeda. Por exemplo, o valor do índice Dow Jones em Wall Street será provavelmente afetado pelo desempenho do dólar dos EUA nos mercados.

O mercado de ações está também relacionado com o mercado de índices e pode influenciar os movimentos de preço de ações. Por exemplo, o S&P 500 reflete o desempenho do mercado de valores dos EUA, enquanto o DAX 30 é um medidor precioso do mercado bolsista alemão. Adicionalmente, as alterações significativas nos preços das ações num setor específico podem ter impacto nos valores de índice, especialmente se o setor constituir desproporcionalmente grande parte do índice específico que quer negociar.

Antes de começar a negociar, é importante compreender os constituintes do seu índice escolhido e de que forma os eventos nos mercados mundiais correlacionados podem afetá-los. Conhecer o mercado irá ajudar a evitar erros de trading, que podem custar mais do que o seu sucesso no mercado.

2. Encontre um índice com o qual esteja confortável

Antes de negociar, precisa de escolher um índice que conheça bem. Deve compreender como e porquê o preço do seu índice escolhido movimenta. Quando começa no mercado, pode limitar a sua pesquisa ao índice usando a pesquisa e as notícias do mercado para identificar as oportunidades de trading e a volatilidade que os diferentes índices oferecem.

3. Decidir uma estratégia

A melhor estratégia de negociação de CFD de índices para si depende de vários fatores, incluindo a sua tolerância ao risco e período de trading. Alguns dos métodos frequentes que pode usar incluem:

Índices de Day trading

Com o day trading, pode abrir e fechar todas as suas posições num único dia e as suas transações demoram normalmente algumas horas.

Índices de 'scalping'

'Scalping' é uma estratégia de trading de ultra-curto prazo onde tem como objetivo abrir e fechar transações em poucos minutos. Por outros termos, o objetivo é fazer pequenos lucros frequentes. Para fazer lucros significativos, terá de ter um grande número de transações ou negociar volumes elevados.

Swing Trading

O Swing trading envolve um período mais longo, que pode variar entre alguns dias a semanas, ou até meses. Ao contrário do day trading ou scalping, não precisa de estar sempre monitorizar a sua posição com o swing trading. Isto é porque não estará preocupado com as pequenas flutuações do preço diárias e irá acompanhar a tendência de mais longo prazo.

4. Escolha um bom broker

A qualidade do broker que escolher pode, numa extensão maior, aumentar as suas probabilidades de ter sucesso ou de falhar nos mercados. Em seguida estão algumas das principais qualidades que precisa de ter em conta quando seleciona um broker.

  • Segurança. Um bom broker deverá oferecer um nível elevado de segurança para os seus fundos e um bom indicador de segurança é a regulação.

  • Plataforma de Negociação. A maioria da sua atividade de negociação irá ocorrer através de uma plataforma de trading. O seu broker deverá fornecer uma plataforma intuitiva e estável que forneça todas as ferramentas, informação e funcionalidade que precisa para negociar adequadamente.

  • Execução. O seu broker deve fornecer boas velocidades de execução. Por exemplo, em condições de mercado normais, o seu broker deverá executar a sua transação ao preço de mercado que vê quando coloca a sua transação, ou pelo menos ao preço muito próximo do seu exigido. A velocidade de execução é especialmente importante se for um especulador, pois alguns pips de diferença no preço poderão fazer com que seja mais difícil ter uma transação com lucro.

  • Custos de transação. Sempre que negoceia, terá de pagar uma taxa, por isso deverá procurar um broker que ofereça um serviço seguro e fiável por taxas razoáveis.

  • Facilidade de depósito e levantamentos. Um bom broker irá garantir que depositar fundos e levantar os seus lucros não tem riscos.

  • Apoio. Deve escolher um broker que possa contactar facilmente quando os problemas surgem.

5. Abrir uma posição e negociar

Depois de escolher um broker, pode abrir uma conta e começar a negociar em alguns passos.

Passo 1 | Decidir a direção na qual quer negociar

Caso esteja satisfeito com a sua pesquisa e análise de mercado, tem de decidir a direção da sua transação. No mercado em alta, pode abrir uma posição longa (compre) e pode abrir uma posição curta (venda) quando considera que o valor de um índice irá cair.

Passo 2 | Colocar a sua transação

Quando coloca a sua transação, escolher um tamanho de transação que se adequa ao seu orçamento. É também fundamental minimizar as perdas e proteger-se contra qualquer volatilidade inesperada usando uma gestão de risco sonante. Isto é porque as tendências de mercado não são infalíveis e o mercado poderá ainda assim movimentar contra si. Não use alavancagem excessiva ou utilize ferramentas como paragens de perda, limite de ordens ou paragens garantidas.

Passo 3 | Monitorizar e encerrar a sua transação

Depois de abrir uma posição, deverá estar atento a quaisquer movimentos do mercado em tempo real e receber alertas que irão ajudar a tomar melhores decisões de trading. Quando quiser fechar a sua posição, poderá fazê-lo automática ou manualmente colocando uma transação na direção oposta da inicial. A sua posição será também encerrada automaticamente quando as suas ordens de paragem de perda e de limite são alcançadas.

Exemplo | Posição longa no S&P 500

Suponhamos que o S&P 500 está atualmente a negociar nos 2863,70 e o seu broker exige 5% de margem.

A sua pesquisa sugere que o sentimento de mercado é positivo em relação ao S&P 500 e decide comprar dois lotes com valor de transação de $5 727,40. Como o broker exige apenas 5%, abre esta posição com apenas $286,37. Nota: O tamanho de um lote significa que irá receber lucro ou perda de $1 por cada ponto de movimento na cotação.

Se o índice movimentar subsequentemente para 3209,70 e encerrar a posição, o seu lucro será de $692 ([3209,70 – 2863,70] x $1 x 2). Este é o lucro antes de contabilizar o spread que o seu broker cobra pela transação. Inversamente, se o mercado movimentar contra si pelo mesmo número de pontos, terá uma perda de $692, o que é significativamente superior à sua margem de $286,77. É por isso que é importante usar alavancagem com prudência, pois pode ampliar as suas perdas tanto quanto amplia os seus ganhos.

Pode negociar índices de todo mundo, mas alguns são mais fáceis de negociar do que outros. Para ajudar na sua pesquisa pelos melhores índices a negociar, aqui estão alguns dos mais populares.

O Dow Jones Industrial Average ou US30, Que é frequentemente designado como mudou, cota 30 das maiores e mais influentes empresas nos Estados Unidos em nove setores. É um dos índices mais antigos e mais conhecidos mundialmente e os seus movimentos são usados como indicador de medição do sentimento de risco mundial.

O SPX500, que é frequentemente conhecido como S&P 500, é outro dos índices mais conhecidos em todo o mundo. Inclui as principais 500 empresas americanas e foi criado pela empresa de notação de crédito Standard & Poor's. O índice ponderado pela capitalização do mercado tem uma forte correlação com outros mercados, tornando-o uma escolha popular entre traders de índices.

O NASDAQ é melhor conhecido pela representação do setor tecnológico. Embora entrou também vários outros setores, quase metade das ações do índice são de tecnologia. O NASDAQ é o índice ponderado pela capitalização do mercado de mais de 2500 títulos que são cotados na bolsa de valores do NASDAQ. Os títulos no índice incluem ações comuns, ações de tracking e fundos de investimento imobiliários.

Índices de ações europeus populares

Os índices de ações europeus representam várias empresas na zona euro e alguns dos mais populares incluem
o FTSE 100, DAX 30, CAC 40 e Euro Stoxx50.

O FTSE 100, que é também conhecido como UK 100, contém algumas das maiores empresas reguladas pela legislação do Reino Unido e foca os setores da energia, mineração, petróleo e gás, serviços financeiros e farmacêuticos. O que é o único sobre este índice é que nem todas as suas empresas constituintes estão sediadas no Reino Unido, mas são transacionadas na Bolsa de Valores de Londres.

O DAX 30, um índice alemão, compreende as 30 maiores empresas na bolsa de valores de Frankfurt com base na capitalização de mercado. O DAX está entre os índices mais transacionados devido à sua volatilidade consistentemente elevada em comparação a outros índices.

Semelhante ao DAX 30, o CAC 40 é um índice de ações francês que é determinado pelos preços de 40 das maiores empresas da Bolsa de Valores de Paris por capitalização de mercado. Como a França é uma das melhores economias da Europa, o CAC é largamente utilizado para avaliar a saúde da economia europeia como um todo.

O Stoxx 50 é o índice de ações da Euronext, que inclui as 50 maiores empresas de luta com base na capitalização de mercado. O índice é frequentemente referido como o Dow Jones da Europa e é uma boa opção se estiver especialmente à procura de negociar na economia da Zona Euro como um todo. Os constituintes deste índice ponderado pela capitalização de mercado são revistos anualmente em setembro.

Índices australianos e asiáticos populares

Embora menos populares entre os traders Reino Unido e dos EUA devido aos diferentes fusos horários, os principais índices australianos e asiáticos
oferecem algumas boas oportunidades aos traders.

A Bolsa de Valores Nikkei Stock (Nikkei 225), que é também conhecida como o índice da Bolsa de Valores de Tóquio, é o índice de ações mais imporatnte na bolsa de valores japonesa e um indicador chave do desempenho económico do Japão. O Nikkei 225 consiste em 225 empresas e como o Japão é uma economia orientada para a exportação, este índice ponderado pela capitalização está altamente correlacionado com os mercados bolsistas dos EUA.

Em relação ao ASX200, que é mais frequentemente conhecido como ASX200, inclui 200 das maiores empresas na Austrália por capitalização de mercado. Estas empresas representam uma quantidade significativa da capitalização do mercado de ações da Austrália e, por isso, o índice é uma forma de medir o estado do mercado australiano. O ASX 200 é um índice ponderado pela capitalização de mercado.

Trading de índices online

Com um bom conhecimento do trading de CFD de índices e aprendizagem contínua, poderá construir os suas capacidades de trading e aumentar as suas probabilidades de ter sucesso no mercado de índices. Além disso, negociar índices irá ajudar a acompanhar o desempenho económico de diferentes países e setores e pode capitalizar com este conhecimento, diversificando para outros mercados como a negociação de moedas.

Inicie a negociação
em minutos

Abra uma conta agora

bullet Acesse uma variedade de +10.000 ativos
bullet Abra e feche posições automaticamente
bullet Notícias e calendário econômico
bullet Indicadores técnicos e gráficos
bullet Várias ferramentas adicionais nativas

Ao registrar-se com seu email, você concorda automaticamente com a política de privacidade da FP Markets e participa de nossas promoções e novidades. Você pode cancelar sua inscrição em qualquer momento.





Get instant Updates in Telegram
Mapa do site | © FP Markets 2020