Qual o Melhor Horário e Sessões de Trading do Mercado de Forex?

Qual o Melhor Horário e Sessões de Trading do Mercado de Forex?

Qual o Melhor Horário e Sessões de Trading do Mercado de Forex?

O mercado de forex é formado por uma vasta rede de vendedores e compradores de divisas a preços acordados. Os participantes do mercado incluem empresas, bancos centrais e particulares que convertem uma divisa para outra. Se já alguma vez viajou para o estrangeiro ou comprou algum artigo online, vindo de outro país, provavelmente realizou uma transação de forex.

Embora as divisas sejam trocadas por razões práticas, como negócios ou viagens, a maioria das trocas cambiais é realizada com o objetivo de ganhar dinheiro. É isto que tornou o mercado de forex no maior e mais líquido mercado financeiro do mundo. De facto, o volume diário do mercado de forex atingiu uns impressionantes $6,6 biliões em 2019.

Muitas pessoas iniciam a sua jornada de trading com o forex. Mais de 70% dos traders de forex não tinha experiência prévia de negociação de outros instrumentos quando entrou no mercado de divisas. Tanto para os traders iniciantes como para os mais experientes, a MetaTrader 4 continua a ser a plataforma mais utilizada no trading de forex. O que não é surpreendente, uma vez que a MT4 foi concebida especificamente para o forex.

A maioria dos corretores de forex disponibiliza uma conta demo da plataforma de trading para que os novos traders possam aprender sobre forex. Isto permite, aos traders inexperientes, aprender conceitos como contratos por diferença (CFDs), volatilidade elevada e análise técnica. A etapa seguinte é desenvolver um estilo de trading que ajude a evitar situações de maior risco antes de abrir uma conta de negociação ao vivo.

O mercado de forex está aberto 24/5 - 24 horas por dia, 5 dias por semana. Os traders de forex têm que saber qual o horário de trading e quando é que os mercados se sobrepõem. Existem determinadas horas, consideradas como sessões importantes de negociação, para que possa planear as suas próprias sessões de negociação de forex.

Quais as Divisas
Mais Negociadas?

Para determinar qual o melhor horário para negociar em forex, os traders precisam de saber quais as divisas mais negociadas. Estas são chamadas Majors/Principais Mais de 85% das transações no mercado de forex são efetuadas nestas oito divisas Principais.

O USD

Código: USD | Símbolo: $

Também chamada: Greenback

No final da II Guerra Mundial, o Acordo de Bretton Woods fez uma ligação cambial do USD ao ouro e fixou o valor de outras divisas face ao USD. Apesar do colapso deste sistema, a supremacia do USD manteve-se intacta. O que é compreensível, uma vez que é a moeda oficial da maior economia do mundo. O USD é influenciado pelo comércio mundial, pelos dados económicos norte-americanos e pelas políticas monetárias e taxas de juro da Reserva Federal (a Fed). O USD entra nas carteiras dos traders e dos investidores devido às suas características de refúgio seguro. É reconhecidamente a divisa de referência do mercado cambial.

O Euro

Código: EUR | Símbolo: €

Embora a origem do euro remonte ao Tratado de Maastricht de 1991, tornou-se a moeda oficial de 12 dos 27 estados-membros da União Europeia em 2002 e, mais tarde, foi adotada por 19 países. O euro é influenciado pelas decisões de política monetária do Banco Central Europeu (BCE), com sede em Frankfurt, na Alemanha. O euro tende a manter-se estável, o que significa que existe uma baixa volatilidade nos pares cambiais mais populares que incluem o EUR. Tipicamente, as oscilações de preço do euro mantêm-se abaixo dos 80 pips.

O Iene

Código: JPY | Símbolo: ¥

É a moeda oficial do Japão e é influenciada pela política monetária, operações de mercado monetário e divulgações de dados do Banco do Japão. O iene japonês tende a ter um comportamento errático e é reconhecidamente difícil de prever. Apesar disso, o iene é uma moeda muito transacionada, uma vez que oferece oportunidades de trading atrativas e tem características de refúgio seguro. Dadas as baixas taxas de juro no Japão, os traders procuram oportunidades negociando o iene com moedas de rendimento mais elevado, como o dólar australiano e a libra esterlina.

A Libra Esterlina

Código: GBP | Símbolo: £

Também chamada: Libra

Uma vez que o Reino Unido é a quinta maior economia do mundo, e Londres é um centro global de negociação e investimento, a libra é uma moeda muito negociada. A libra é influenciada pelas decisões monetárias do Banco de Inglaterra, que divulga a sua política oito vezes por ano. A libra esterlina é muito mais volátil do que o euro e pode registar fortes oscilações de preço, de 150 pips ou mais, ao longo de um dia de trading.

O Franco Suíço

Código: CHF | Símbolo: Fr.

Como o nome sugere, é a moeda oficial da Suíça. Há décadas que esta moeda tem tido um estatuto de refúgio seguro excelente, entre os traders e os investidores, devido à decisão do Banco Central Suíço de prosseguir uma política de inflação zero e devido à neutralidade política deste país. Devido às baixas taxas de juro suíças, o franco suíço é, frequentemente, negociado vs moedas de rendimento elevado.

O Dólar Canadiano

Código: CAD | Símbolo: C$

Também chamada: Loonie

Devido à boa situação económica do Canadá, a sua moeda tende a manter-se forte e estável no trading de forex. A moeda é influenciada pelas decisões políticas do Banco do Canadá, que prossegue um objetivo de inflação de 2% para definir a política monetária e tende a manter um posicionamento vigilante. O loonie é influenciado pelas notícias relacionadas com o petróleo, que é a principal exportação do Canadá. A moeda também é influenciada pelas flutuações dos preços dos mercados globais de matérias-primas, uma vez que o Canadá é um país produtor de diversos minerais, cereais e produtos de madeira. Uma vez que os EUA são o maior parceiro comercial do Canadá, as notícias relacionadas com a economia norte-americana têm um impacto considerável no loonie.

Dólar Australiano

Código: AUD | Símbolo: A$

Também chamada: Aussie

Esta moeda é influenciada pela política monetária e pelas decisões de regulamentar a oferta de liquidez por parte do Banco Central da Austrália (Reserve Bank of Australia). Uma vez que a Austrália é um dos maiores exportadores mundiais de minério de ferro e de carvão, o Aussie é influenciado pelos movimentos de preço dos mercados de matérias-primas. A China é, de longe, o maior parceiro comercial da Austrália; é por isso que os traders acompanham atentamente as notícias relacionadas com a economia chinesa.

Dólar da Nova Zelândia

Código: NZD | Símbolo: NZ$

Também chamada: Kiwi

Esta moeda é influenciada pelas decisões de política monetária do Banco Central da Nova Zelândia (Reserve Bank of New Zealand). O dólar da Nova Zelândia é mais transacionado com o USD. No entanto, uma vez que é uma moeda com elevada rendibilidade, o kiwi é popular pelo carry trade, especialmente face ao iene japonês e ao franco suíço.

Start Trading Forex on
Spreads from 0.0 Pips Today

Porquê Negociar os
Principais Pares Cambiais?

Existem 7 pares cambiais muito negociados.

Entre eles, os 4 principais são:

1. USD/JPY – USD vs Iene japonês

2. EUR/USD – Euro vs USD

3. GBP/USD – Libra Esterlina vs USD

4. USD/CHF – USD vs Franco suíço

Os outros 3 são:

1. USD/CAD – USD vs Dólar canadiano

2. AUD/USD – Dólar australiano vs USD

3. NZD/USD – Dólar da Nova Zelândia vs USD

Estes são os principais pares cambiais, uma vez que têm o volume de trading mais elevado no mercado de forex. Um volume elevado significa mais liquidez, o que se traduz em spreads mais estreitos e menor slippage. É por isso que é uma boa ideia iniciar a sua jornada de trading com estes pares cambiais.

No outro extremo do espectro estão os pares cambiais exóticos, que são pares formados por principais moedas negociadas face a moedas de países emergentes ou moedas muito pouco negociadas.

Os 7 pares exóticos mais comuns são:

1. EUR/TRY – Euro vs Lira turca

2. USD/TRY – USD vs Lira turca

3. GBP/ZAR – Libra esterlina vs Rand sul-africano

4. USD/MXN – USD vs Peso mexicano

5. EUR/HUF - Euro vs Forint húngaro

6. AUD/MXN - Dólar australiano vs Peso mexicano

7. JPY/NOK - Iene japonês vs Coroa norueguesa

Quais são as Vantagens do
Trading de Forex?

Entre as várias vantagens que atraem os traders ao mercado de forex estão:

Mercado Amplo e Global
O mercado de forex é, de longe, o maior mercado financeiro, com um volume diário expressivo de mais de $6 biliões. O que representa $250 mil milhões transacionados a cada hora ou $70 milhões a cada segundo!
Qual a importância da dimensão? Em primeiro lugar, o nível elevado da atividade de trading demonstra a popularidade do mercado de forex. Ainda mais importante, sugere uma liquidez elevada, o que facilita a compra e venda de instrumentos financeiros neste mercado. As posições podem ser abertas e fechadas de forma eficiente, aos preços desejados, e as negociações podem ser executadas com extrema rapidez. Devido à sua liquidez elevada e natureza global, o mercado de forex oferece a melhor experiência diária de trading.


Não Existem Mercados em Baixa
Quer o mercado esteja a subir ou em queda, existem sempre oportunidades de trading em forex. Isto deve-se ao facto de quando uma moeda cai isso acontece face a alguma outra moeda. O que significa que a outra moeda sobe. Com as estratégias de trading certas consegue encontrar oportunidades quer o par cambial esteja a subir ou a descer. Por exemplo, pode ter uma posição longa no euro se antecipar que o EUD/USD irá subir (o euro aprecia-se face ao USD) ou ter uma posição longa no USD se antecipar que o par irá descer (USD aprecia-se face ao euro).


Ausência de Baleias
Na terminologia de mercado, baleias são investidores com muito dinheiro que conseguem, sozinhos, influenciar o preço de um título realizando compras ou vendas massivas. Embora, tipicamente, isto seja realizado durante um breve período pode levar outros investidores a fazer o mesmo e provocar instabilidade no mercado. Devido à grande dimensão do mercado de forex, nenhum trader de grande dimensão nem um investidor institucional conseguem influenciar os preços. Mesmo o maior investidor se torna num pequeno peixe no mercado de forex. As taxas de câmbio são influenciadas pelas economias relevantes e pelas políticas monetárias dos bancos centrais dos respetivos países. A elevada liquidez do mercado de forex torna este mercado mais equilibrado para todos os traders.

Custos Baixos
Tipicamente, não são cobradas comissões. Não existem comissões de compensação, comissões de conversão ou comissões governamentais. O único custo de negociação que um trader tem que estar ciente é o spread, ou seja, a diferença entre o preço de compra e o preço de venda cotados pelo corretor. Quando escolher o corretor procure sempre spreads estreitos, de forma a limitar estes custos de negociação. Se estiver a negociar com um corretor regulado e conceituado, é mais provável que este ofereça uma liquidez mais elevada e spreads mais estreitos.


Ideal Para os Traders Principiantes e para os Mais Experientes
O mercado de forex é extremamente acessível, com fracas barreiras à entrada. Começar é fácil e não exige um investimento muito elevado. Muitos traders principiantes consideram mais fácil compreender como funciona o mercado de forex do que outras classes de ativos como matérias-primas ou mesmo ações. Claro que a aprendizagem continua a ser importante ao longo da vida de um trader. No entanto, com um capital de apenas AUD 100 pode-se começar no mundo do trading de forex. As inúmeras oportunidades no forex e uma alavancagem expressiva, de 500:1, disponibilizada por alguns corretores, tornam este mercado atrativo para os traders experientes.


Ausência de uma Bolsa Centralizada ou Regulador
O mercado de forex é descentralizado, o que significa que não é controlado por um único regulador ou bolsa. Não existem intermediários. Negoceia diretamente com outro trader. O corretor de forex apenas viabiliza a transação. A ausência de bolsas centralizadas e de reguladores não só mantém os custos de trading baixos como também garante que não se registam súbitos contratempos no mercado ou fortes e súbitas oscilações dos preços. Embora não exista um regulador centralizado do mercado global de forex isto não significa que seja completamente desregulamentado. Existem importantes organizações que são responsáveis pela regulamentação nos seus próprios países. De facto, antes de começar a negociar em forex assegure que o corretor é regulado por uma autoridade regulatória reconhecida, como a ASIC (Australian Securities and Investments Commission), FCA (a Financial Conduct Authority do Reino Unido) ou a CySEC (Cyprus Securities and Exchange Commission).

Qual o Melhor Horário para o
Trading de Forex?

O mercado de forex está aberto durante todo o dia o que significa que os traders podem realizar transações de acordo com a sua conveniência. O que é particularmente benéfico para os traders diários, para os que pretendem assumir posições de curta duração e para os que têm um horizonte mais alargado.

O mercado de forex abre às 22:00 GMT ao Domingo, está operacional durante a semana e fecha às 22:00 GMT de Sexta-Feira. Em todo o mundo, os traders abrem e fecham posições ao logo do dia em diferentes moedas. Com base nos diferentes fusos horários, os traders estão ativos no mercado de forex ao longo do dia e da noite.

Qual a Importância de Identificar o Melhor Horário de Trading?

Porque é que é importante saber qual é o melhor horário para o trading de forex? Embora o mercado global de forex esteja aberto durante todo o dia existem períodos de maior atividade. Esta é também a altura em que o mercado está mais volátil devido ao volume mais elevado de transações. Embora o nível mais elevado de liquidez, nessas alturas, garanta uma execução mais rápida das ordens, a volatilidade também mais elevada oferece, aos traders, muito mais oportunidades atrativas de trading.

Alguns traders preferem colocar as negociações quando o mercado não está tão ativo. Por outras palavras, preferem fazê-lo quando o mercado está mais estável. Por exemplo, se um trader pretender deter posições no dólar australiano num horário relativamente estável poderá assumir posições longas no Aussie durante o horário de funcionamento nos EUA. Neste período, é noite na Austrália e existe pouca probabilidade de se registarem notícias que condicionem os mercados durante este período. Num mercado estável, os movimentos de preços são mais baixos, o que limita as margens de lucro de cada posição aberta. Por isso, as pessoas negoceiam volumes muito mais elevados neste horário para que traders vencedores consigam lucros razoáveis.

Qual o Horário do
Mercado de Forex?

Diz-se que o mercado de forex está aberto 24 horas por dia porque os traders de diferentes partes do mundo estão ativos em horários diferentes. Embora o horário ideal para negociar em forex seja durante o dia, na sua hora local, é importante saber quais são os 4 fusos horários mais importantes do mercado de forex. Isto dá-lhe uma ideia de qual a liquidez e a volatilidade a esperar.

Os 4 principais fusos horários do mercado de forex são:

Nova Iorque, EUA

Horário de Negociação da Sessão de Nova Iorque: das 08:00 até às 17:00 ET
(ou das 13:00 até às 22:00 GMT).

Durante este tempo,os mercados estão muito ativos, uma vez que o Dólar Norte-Americano (USD) está envolvido em quase 90% das operações cambiais. Os traders, que estão ativos durante a sessão de Nova Iorque, acompanham as divulgações de dados económicos norte-americanos, os anúncios feitos pela Reserva Federal e até mesmo o desempenho geral do mercado acionista norte-americano, uma vez que todos estes fatores poderão ter um impacto significativo no USD.

Tóquio, Japão

Horário de Negociação da Sessão de Tóquio: das 19:00 até às 04:00 ET (ou das 23:00 até às 08:00 GMT).

É o primeiro mercado forex a abrir para os traders asiáticos e engloba a maior fatia do trading asiático. No entanto, muitos traders asiáticos, especialmente da China e Rússia, continuam a negociar muito depois do fecho do mercado de Tóquio. O par cambial USD/JPY regista a maior atividade neste horário, embora também se registe uma forte negociação noutros pares cambiais, como a GBP/CHF e a GBP/JPY.

Londres, Reino Unido

Horário de Negociação da Sessão de Londres: das 03:00 até às 12:00 ET
(ou das 07:00 até às 16:00 GMT).

Londres domina os mercados cambiais globais, representando cerca de 50% do trading global. Isto deve-se não só ao facto de este fuso horário ter a maior sobreposição com a Ásia e as Américas, mas também porque quase todos os bancos multinacionais têm as suas sucursais em Londres. Estes gigantes negoceiam durante o fuso horário de Londres, com volumes muito mais elevados do que nas sessões de negociação asiáticas ou americanas.

Sidney, Austrália

Horário de Negociação da Sessão de Sidney: das 17:00 às 02:00 Eastern Standard Time
(EST) (ou das 22:00 às 07:00 GMT)

Apesar se ser o período mais estável dos 4 principais fusos horários, é quando os traders da Austrália, Nova Zelândia e algumas partes da Ásia estão mais ativos. Os traders inexperientes deverão estar cientes do Horário de Verão e do impacto que tem no trading de forex. Isto deve-se ao facto de o horário de Verão não ser utilizado por todos os países e começar/terminar em diferentes dias, dependendo de quem o utiliza.

Apesar de estar aberto 24 horas por dia, regista-se um decréscimo acentuado da atividade de trading entre as 19:00 e as 22:00 GMT, quando os americanos estão a fechar o dia e a Austrália e a Nova Zelândia estão prestes a começar o seu.

Quais São as Melhores Sessões de Trading do
Mercado de Forex?

Embora existam 4 fusos horários, existem essencialmente três principais sessões de negociação, ou períodos de trading, no mercado de forex. De destacar que os mercados se sobrepõem e é por isso que o forex é reconhecidamente acessível 24 horas por dia.

A três principais sessões de trading são:

A Sessão Asiática

O trading de forex começa com esta sessão, uma vez que os traders asiáticos são os primeiros a acordar e a começar a negociar. Esta sessão tem início com a abertura do mercado de Tóquio. Geralmente, a atividade de trading é fraca antes da abertura do mercado de Tóquio, embora os traders na Austrália e Nova Zelândia já tenham começado a sua negociação. Tanto a liquidez como a volatilidade aumentam com o desenrolar da sessão. No entanto, uma vez que os mercados e os fusos horários são bastante dispersos, esta não é a fase de maior atividade do mercado de forex. Outras divisas importantes nesta região incluem o Dólar de Hong Kong (HKD) e o Dólar de Singapura (SGD).

A Sessão Europeia

É aqui que, verdadeiramente, começa a ação. Afinal, Londres é o centro do trading de forex. Para além disso, os fusos horários são densos neste continente e a região abriga diversos mercados financeiros importantes. Os traders africanos também começam o seu dia de negociação com a sessão europeia. Para além disso, esta sessão tem sobreposição com a sessão asiática e com a sessão norte-americana. Devido a todos estes fatores, esta é a sessão mais líquida e mais volátil do mercado global de forex.

A Sessão Norte-Americana

Esta sessão começa várias horas após o fecho oficial da sessão asiática e os mercados asiáticos já registaram os seus valores diários de liquidação. Embora a sessão asiática tenha terminado, a sessão europeia está apenas a meio quando a sessão norte-americana começa. É quando os traders norte-americanos, canadianos e mexicanos estão mais ativos. Esta sessão também regista uma liquidez e volatilidade elevadas, embora não tanto como a sessão europeia. No entanto, as atividades de trading começam a diminuir e existe uma pausa no mercado, uma vez que existe um diferencial de tempo considerável entre o fecho da sessão norte-americana e a abertura da sessão asiática do dia seguinte.

Alguns traders preferem negociar durante os períodos de sobreposição das sessões, uma vez que tendem a registar mais oportunidades de trading. A sobreposição máxima ocorre entre a sessão europeia e a sessão norte-americana. De facto, quase 70% de todas as transações de forex são colocadas durante este período de sobreposição. Também é quando os pares cambiais mais populares – EUR/USD e GBP/USD - registam o nível mais elevado de atividade.

A Conclusão

Os traders deverão escolher um horário diário dedicado à negociação, que deverá estar alinhado com a sua apetência pelo risco e preferência em termos de liquidez. A melhor altura para o trading também depende da moeda em que pretende negociar. É melhor escolher uma sessão de trading e focar-se nela em vez de tentar negociar todo o dia. Da mesma forma, o enfoque em pares cambiais mais comuns, como o USD/GBP ou EUR/JPY é uma boa forma de começar a negociar. Isto irá ajudá-lo a compreender os níveis de volatilidade durante um determinado período e os fatores que a influenciam, tais como determinadas divulgações de dados económicos e de notícias. Por último, terá que selecionar um corretor reconhecido, com uma plataforma de trading que garanta uma cotação em tempo real e uma rápida execução.

Começar a negociar
em minutos

Abra uma conta agora

bullet Acesso a mais de 10.000 instrumentos financeiros
bullet Abra e feche posições automaticamente
bullet Notícias e calendário econômico
bullet Indicadores técnicos e gráficos
bullet Muitas outras ferramentas incluídas

Ao fornecer o seu e-mail, concorda com a política de privacidade da FP Markets e com receber materiais de marketing futuros da FP Markets. Pode cancelar a sua inscrição em qualquer momento.





Get instant Updates in Telegram
Mapa do site | © FP Markets 2020