Negociação de CFD

Negociação de CFD
O que são CFDs?

O que é Negociação de CFD
e Como Funciona?

CFDs ou (Contrato por Diferença ou Contratos por Diferença) são instrumentos derivativos amplamente utilizados. Opere qualquer ativo sem precisar comprá-lo diretamente, com derivativos. Opções de ações, contratos futuros e swap, compõem uma família de derivativos.

Através de CFDs, você especula sobre a diferença de preço do ativo subjacente, desde a abertura do contrato até seu vencimento. Não necessariamente carregando a mercadoria em si. Outra vantagem é a de que o CFD não tem data fixa de vencimento, como os contratos futuros, assim ele pode ser de curto ou longo prazo.

Outra vantagem do CFD é poder comprar ou vender sem precisar alugar ações. Seu lucro vem de sua análise. Uma ampla variedade de ativos pode ser negociada via CFDs, stocks, criptomoedas (incluindo Bitcoin) e commodities.

Antes de iniciar negociações com CFD´s. aprenda como esse instrumento funciona detalhadamente.

Video: CFD Trading
Explained

Como Funciona o Trading de CFDs?

Primeiramente, é necessário compreender o conceito de margem de negociação. A alavancagem dos CFDs permite que se opere instrumentos com uma pequena fração de seu valor. Assim, a exposição ao mercado é maior com relação a que um trader poderia ter com o capital de sua conta.

Negocie CFDs - O que é
Margem de CFD?

Para operar CFDs, será necessário abrir uma “conta de margem”, recomendamos que seja em uma corretora regulada. A alavancagem permitirá que você acesse mercados com ganhos ampliados. Lembre-se, porém, de que suas perdas podem ser maiores também, portanto use-a sabiamente.

Sempre tenha um valor mínimo em sua conta para manutenção das operações, ou seja, oscilações e eventuais perdas. Também chamada de “Margem inicial” ou “margem de depósito” e é o resultado da diferença entre os fundos emprestados da corretora e o valor das posições totais que você tem em aberto.

Uma “chamada de margem” é o que ocorre quando o trader perde em suas negociações, deixando o saldo ficar abaixo da margem exigida. Assim, um novo depósito deverá ser realizado a fim de restaurar a “margem de manutenção”.

Suponha que as ações da Empresa VALE3 estão sendo negociadas em $130 por ação. Você decide comprar 1.000 unidades de um contrato a este preço. Agora, se você tivesse que pagar o valor total deste contrato, isso iria lhe custar:

$130 x 10,000 = $130,000. [650.000,00 BRL]

Com alavancagem, você pode compor um portfólio diversificado em um número de ações, mas com um menor investimento de capital. Se a margem requerida for 5% do valor total da negociação, você deverá pagar apenas $6,50 por CFD na sua conta de negociação com margem.

Assim, o seu requisito de margem total será:
(0.05 x 130,000) = $6,500. [35.000,00 BRL]

Um valor significativamente inferior a $130.000, porém com o mesmo nível de exposição, como se as ações tivessem sido compradas diretamente. Ainda, com direito a 100% dos ganhos. Da mesma forma, terá de se arcar com 100% das perdas.

Ao negociar CFDs, você pode especular sobre o futuro dos preços. Se você acha que os preços vão subir no futuro, você compra o ativo subjacente ou opera "long”. Mas se você acha que os preços vão cair no futuro, você vende o ativo, ou opera "short”. Você ainda pode negociar a diferença entre os preços de abertura e fechamento, bem como se beneficiar da queda de preços.

“Long” ou “Short” com CFDs

Operando CFDs possibilita que você compre se achar que o preço do ativo subjacente subirá e vender se analisar que o contrário ocorrerá. Ainda, há a possibilidade de especular sobre a diferença entre os preços de abertura e fechamento, inclusive com as quedas de preço.

Um Exemplo de Negociação Alavancada com CFD

Suponha que você queira negociar CFDs, onde o ativo subjacente é o US30, conhecido como o "Dow Jones Industrial Average Index". Suponhamos que o US30 esteja sendo negociado a:

Spread Bid/Ask

"Bid" é o preço de venda. É o valor pelo qual o ativo é vendido. O mais alto dos dois é o "ask", ou preço de compra; a taxa na qual o ativo é comprado. A diferença entre esses dois preços é o "spread", que representa seu custo de negociação. O spread pode variar dependendo da liquidez do seu ativo e da sua escolha de corretora. Na melhor das condições, uma corretora pode contratar cotações de um grande grupo de provedores de liquidez para oferecer a você os spreads mais baixos de compra/venda.

Assuma a seguinte negociação, você decide comprar 5 contratos do US30, pois acredita que haverá apreciação da cotação do US30. Sua taxa de margem é de 1%. Seu depósito será de 1% do valor total da posição em sua conta de margem.

Na próxima hora, quando a cotação se mover para 22100,00/22112,00, você terá uma negociação vencedora. Você pode fechar sua posição vendendo pelo preço (bid) atual do US30, que é 22100,00

Nesse caso, a oscilação do preço foi favorável à posição. Mas, se a cotação tivesse ido contra a sua operação, você poderia ter tido uma perda. A constante oscilação das cotações, que resultam em lucros e perdas, se dá diariamente, gerando oscilações também em sua margem inicial. No cenário de perda em que seu capital livre (saldo da conta + lucro/perda) fica abaixo dos requisitos de margem (1105), a corretora emitirá uma chamada de margem. Caso o preço do ativo em negociação caia de forma que o seu saldo atinja 50 % da margem inicial, a corretora fechará sua posição automaticamente pelo preço à mercado, chamamos isso de “stop out”.

Você já deve ter notado que uma pequena variação já proporciona chances de negociação. Esta pequena diferença é conhecida como "pip" ou "porcentagem em ponto”. Para os índices, 1 pip é igual a um aumento de preço de 1,0, também chamado de ponto de índice. No mercado forex, como no exemplo acima, um pip representa a menor variação de preço de uma moeda.. Para ativos como o AUD/USD, que incluem o dólar dos EUA, um pip é representado até a quarta casa decimal. Mas no caso de pares que incluem o iene japonês, como o AUD/JPY, a cotação geralmente tem até 3 casas decimais.

As oscilações de preços e suas decorrentes resultantes, lucro/perda, são constantes. Como resultado, você terá um retorno líquido (positivo/negativo) na sua margem inicial. Caso sua margem inicial seja menor que a exigida para manter suas posições, a corretora emitirá uma chamada de margem. Um novo aporte deverá ser realizado, do contrário, o contrato será fechado pelo valor Bid/Ask do mercado. Esse processo é conhecido como "marcação a mercado".

Quando a cotação
do US30
De/Para Você pode Ganhar ou Perder
(em uma posição de compra)
Subir +1% 22300.80/ 22312.80 USD 1044.00
Cair -1% 21859.20/ 21871.20 USD -1164.00

Como Fazer Hedge
Usando CFDs?

"Bid" é o preço de venda. É o valor pelo qual o ativo é vendido. O mais alto dos dois é o "ask", ou preço de compra; a taxa na qual o ativo é comprado. A diferença entre esses dois preços é o "spread", que representa seu custo de negociação. O spread pode variar dependendo da liquidez do seu ativo e da sua escolha de corretora. Na melhor das condições, uma corretora pode contratar cotações de um grande grupo de provedores de liquidez para oferecer a você os spreads mais baixos de compra/venda.

Uma das vantagens da operação com CFD é a de poder reduzir a volatilidade de seu portfólio de ações, em correções bruscas ou mesmo crashes. Essa estratégia é chamada Hedging e ao mesmo tempo que protege contra quedas bruscas, limita seus ganhos.

Então, digamos que você tenha um portfólio de ações no valor de 150.000,00 BRL, composto por ações de destaque no índice IBOVESPA (IBOV). Essas são divididas em 100 lotes padrão para cada ação. Você poderia possuir 15.000,00 em ações da Petróleo Brasileiro SA (PETR4) e 15.000,00 em valores do Banco do Brasil SA (BBSA3).

Agora, se você acha que essas duas empresas podem sofrer uma queda de curto prazo no preço das ações, devido a um relatório de lucros ruim, você poderá compensar parte da perda potencial, vendendo por meio de um CFD.

Ao invés de vender estas ações no mercado aberto, você assume duas posições de venda em CFD da Petróleo Brasileiro SA (PETR4) e 15.000,00 em valores do Banco do Brasil SA (BBSA3). Cerca de 10% da exposição ao mercado, que é de 3.000 BRL, poderia ser necessária para configurar esse hedge.

Mas por que escolher um CFD short em vez de simplesmente vender as ações e comprá-las novamente mais tarde, após a queda do preço? A razão para escolher a rota CFD pode ser:

  • Você atrairá ganhos de capital quando vender suas ações, que são tributáveis. Isso será desnecessário, a não ser que você queira se livrar desses ativos de uma vez por todas. Nos CFDs, você não precisará pagar imposto de selo e os custos de negociação serão limitados à margem e ao spread.

  • Se o mercado cair, as perdas no seu portfólio de ações serão compensadas por suas posições short em CFD.

Período de Manutenção

Agora, após o fechamento do mercado a cada dia, qualquer posição de CFD aberta em sua conta poderá incorrer em custos de manutenção. Isso depende da taxa de manutenção aplicável, assim como da direção da sua posição; com base na qual o custo pode ser negativo ou positivo. Um dos custos de negociação de CFDs é o de manutenção.

Start Trading Forex with an
Broker regulado australiano

Como Começo a
Negociar CFDs?

Dê uma olhada nestes
6 passos para começar
a negociar CFDs:

Passo 1 |
Build Your Knowledge

Conhecer a estrutura de CFDs e seus aspectos de negociação é construir seu patrimônio. Certifique-se de saber tudo o possível antes de negociá-los. Incluindo a compreensão dos termos e conceitos básicos de negociação, além de como usar nossas avançadas plataformas de negociação online. O FP Markets Traders Hub Blog é uma base de conhecimento extensa baseados em pesquisa e educação.

Passo 2 |
Open an FP Markets
Conta de negociação

Registre-se e abra uma Conta Demo ou Conta Real com uma corretora de CFD regulamentada, como a FP Markets. Fundada em 2005, nos concentramos em atingir as demandas dos traders por uma experiência de negociação excepcional e satisfação de suas necessidades, focando em várias áreas-chave. Elas são:

  • Spreads baixos: Os spreads nos principais pares de moedas começam regularmente a partir de 0,0 pips, cortesia do relacionamento com provedores de liquidez de primeira linha.

  • Execução Rápida: Nossos servidores comerciais no NY4 Centre estão conectados via fibra ótica à nossa rede ECN e provedores de liquidez. Isso garante uma execução ultrarrápida e baixa latência.

  • Tecnologia Avançada: Nossa força no espaço tecnológico é uma das razões pelas quais fornecemos as condições ideais para pessoas que usam estratégias de negociação automatizadas, como Expert Advisors (EAs) e sistemas de copytrading.

  • Produtos: Na FP Markets, você pode negociar CFDs em Forex, ações, Metais, Índices, Commodities e Criptomoedas. Oferecemos mais de 10 mil produtos CFD negociáveis nos mercados financeiros globais em desktops e dispositivos móveis. Leia mais sobre O que você pode negociar..

  • Atendimento ao Cliente: Temos orgulho de oferecer um premiado suporte ao cliente. Nossa dedicada equipe multilíngue de Atendimento ao Cliente está disponível 24 horas por dia, 5 dias por semana. Entre em contato conosco usando uma variedade de opções, incluindo Chat ao vivo, Telefone e E-mail.

Passo 3 |
Create a Trading Strategy

Os CFDs podem te oferecer exposição a vários tipos de ativos, tudo a partir de uma única plataforma de negociação. Ao criar um plano de negociação, há vários fatores que devem ser considerados, incluindo:

  • Tipo de ativo a ser operado

  • Capital inicial

  • Tempo de investimento

  • Perfil de risco

  • Experiência em negociação

Ter um plano de trade testado e aprovado, segui-lo utilizando-se de gestão de risco com disciplina são determinantes para seu sucesso. Nós da FP Markets oferecemos uma variedade de e-books e Webinars de Negociação que podem te ajudar a desenvolver um plano de negociação mais adequado a você.

Passo 4 |
Fundamental and Technical
Análise

Ao realizar análises de mercado, os traders conseguem identificar mercados voláteis e potenciais oportunidades de negociação. Há duas abordagens para analisar o mercado, a Análise fundamentalista e Análise técnica. A análise fundamentalista está relacionada a eventos geopolíticos, divulgação de dados econômicos e notícias de última hora que podem impactar os mercados financeiros globais.

Em contraste, a análise técnica envolve o uso de dados de mercado para identificar tendências e tomar decisões de negociação. Pela leitura de indicadores, você pode tomar decisões bem informadas sobre tendências e padrões potenciais de preços no futuro. Plataformas de negociação como o MetaTrader 4 e o MetaTrader 5 incluem indicadores pré-instalados e ferramentas gráficas para auxiliar sua leitura técnica.

Passo 5 |
Choose Your Trading Platform

As mais modernas e robustas plataformas de operações estão conosco. Selecione a que melhor se adequa ao seu perfil, MetaTrader4, Metratrader5, Iress e nosso APP para smartphones. Escolha uma plataforma que ofereça flexibilidade e estabilidade nas operações. Todas as nossas plataformas de negociação oferecem uma ampla variedade de ferramentas que podem ser usadas para realizar análises de mercado e executar negociações sem bugs.

Passo 6 |
Gestão de Risco

O plano de trade deve incluir um gerenciamento de risco abrangente, independentemente das condições de mercado e ou da alocação de capital em cada transação. Para restringir perdas potenciais, aqui estão algumas ferramentas que você pode usar:

Ordem Stop Loss: A stop loss quando usada de forma técnica, pode ajudar a controlar perdas, uma vez que automaticamente fecha posições em aberto no preço ou região designada pelo trader, quando o mercado se mover contra suas projeções.

Take Profit: Esta ordem irá fechar suas posições em lucro, pode-se fizer que ela realiza lucros, antes que o mercado volte ao preço de origem, expondo suas posições a riscos sem necessidade.

Trailing Stops: O trailing stop acompanha as oscilações do preço, quando ele se move a favor de suas posições. Atuando como stop loss, caso o preço volte contra, como também protege lucros, uma vez que fechará a posição após um determinado decurso da sessão em lucro.

Para uma análise técnica e fundamentalista profissional, além de educação em traiding, por favor, acesse nosso blog Traders Hub.

Vantagens do CFD
Negociação

Ampla variedade de mercados financeiros: A negociação de CFD com a FP Markets permite acessar os maiores mercados financeiros de todo o mundo. Nossa oferta de CFD consiste em mais de 10 mil instrumentos negociáveis em Forex, Ações, Índices, Metais, Commodities e Criptomoedas. Incluindo pares de moedas como AUD/USD, além de ações em algumas das maiores empresas do mundo, como as da Petrobrás SA e a Vale do Rio Doce SA.

Negociação em mercados em queda: Uma das características únicas da negociação de CFD é que eles lhe proporcionam a capacidade de negociar 'long' ou 'short' (compra ou venda). No mercado de ações, é comum que o operador precise alugar ativos para que possa vendê-los. Com CFDs, você pode abrir uma venda sem precisar alugar o ativo e lucrar com preços em queda. Isso proporciona aos traders oportunidades de negociação duplamente ampliadas.

Imposto de selo zero: Como você não adquire o ativo subjacente, não há imposto de selo associado à negociação de CFD. Mais ainda, com o uso de alavancagem, o trader consegue capitalizar sobre volumes maiores do que seu próprio capital.

Alavancagem: Favorece o acesso aos mercados de forma econômica, uma vez que o depósito é de uma pequena fração do valor total a ser negociado. A margem necessária varia dependendo do instrumento, da liquidez e de outros fatores.

Hedging eficiente: CFDs podem ser usados como instrumento de hedge. Ele pode suavizar a volatilidade do mercado num dado momento de curto prazo, contra posições abertas. A operação de hedge evita que o trader coloque em liquidação suas posições em ativos, eliminando implicações fiscais associadas.

Função de derivativo: Os CFDs são projetados para refletir o ambiente de negociação, incluindo os preços, de seu mercado subjacente. Comprar um CFD de ações da VALE é o equivalente a comprar uma única ação da VALE que é negociada na IBOVESPA.

Sem validade fixa: Diferentemente de outros derivativos, os CFDs não expiram. Uma vez adquiridos, podem ser carregados por um prazo ilimitado, seja comprado ou vendido.

Negociação de CFDs - Perguntas Frequentes

Há três elementos a serem considerados em negociação de CFD - 'Bid', 'Ask' e 'Spread'. 'Bid' (venda) é o preço de venda que geralmente é exibido à esquerda, enquanto o preço 'Ask' (compra) é o mais alto dos dois e também o preço de entrada. A diferença entre esses dois preços é o 'spread', e representa o custo de negociação. O spread varia com a liquidez e pode ser de zero a um percentual relevante de sua posição.

Comece a operar
em minutos

Abra uma conta agora

bullet Acesse uma variedade de +10.000 ativos
bullet Abra e feche posições automaticamente
bullet Notícias e calendário econômico
bullet Indicadores técnicos e gráficos
bullet Várias ferramentas adicionais nativas

Ao registrar-se com seu email, você concorda automaticamente com a política de privacidade da FP Markets e participa de nossas promoções e novidades. Você pode cancelar sua inscrição a qualquer momento.





Get instant Updates in Telegram
Mapa do site | © FP Markets 2020